Blog

Importância de armazenar corretamente o óleo industrial

Importância de armazenar corretamente o óleo industrial

O óleo é parte fundamental no  funcionamento de um equipamento industrial. Por isso, a fim de evitar paradas inesperadas e quebras de máquinas, é muito importante tomar cuidados que vão desde o manuseio correto até a transferência adequada do fluido na máquina. 

Neste texto, a Filtroil irá abordar, de modo mais específico, a importância do armazenamento do óleo industrial. Isso porque, para  o bom funcionamento de todos os equipamentos, essa armazenagem tem papel essencial no processo de confiabilidade. 

Continue lendo para saber qual é o prazo de armazenamento do óleo industrial e ver dicas de como guardar os produtos corretamente. 

Importância dos cuidados com o óleo industrial

Vamos começar com a questão principal: por que é importante tomar cuidados no armazenamento de óleos industriais? Como foi dito, os equipamentos necessitam de um fluido lubrificante para funcionarem, e a saúde desse fluido influencia diretamente na performance do equipamento. 

Sendo assim, o óleo industrial deve ter todas as suas propriedades preservadas. É justamente por isso que o armazenamento é algo fundamental. Através de uma boa armazenagem do lubrificante, ele manterá as suas qualidades físico-químicas por mais tempo, o que garantirá uma boa performance quando estiver rodando na máquina. 

Em termos gerais, os cuidados no armazenamento influenciam diretamente na saúde do lubrificante, que deve conter os três parâmetros a seguir para estarem saudáveis: limpo, seco e frio. 

Desse modo, quando um lubrificante não é armazenado de forma correta, se expondo a variações de temperaturas, locais desprotegidos ou até mesmo barris de óleo completamente abertos, eles terão uma degradação muito mais rápida Com isso, se transferidos para as máquinas, causarão falhas prematuras. 

Em resumo, um óleo bem armazenado e transferido corretamente pode te dar a garantia de um equipamento funcionando de forma adequada, sem riscos de paradas na produção.  

Prazo máximo de armazenamento

Pode parecer que o prazo de validade dos óleos e lubrificantes é irrelevante, mas isso não é verdade. De fato, essa é uma questão determinante para evitar que suas máquinas parem de funcionar. 

Para óleos lubrificantes, de modo geral, o prazo de armazenamento é de 5 anos. Essa é a validade adotada em países da Europa e dos Estados Unidos. Por isso, também vem sendo adotado pelas produtoras brasileiras. 

Contudo, essa não é uma regra geral, pois tudo depende das características específicas do óleo industrial a ser utilizado. O ideal, portanto, é sempre observar quais são as indicações de validade do fabricante. 

Outro ponto de extrema importância é o modo como o produto é transportado, armazenado e  usado. Para aproveitar a máxima validade dos óleos industriais, é preciso que todas essas etapas sejam feitas de maneira correta. Assim, as dicas a seguir são muito relevantes. 

óleo industrial

Dicas de armazenamento do óleo industrial

1 - Controle de estoque:

É por meio do controle de estoque que você conseguirá armazenar os óleos industriais adequadamente. Primeiramente, deve-se conhecer a necessidade específica daquela indústria, para comprar a quantidade mais ajustada ao uso. 

Além disso, é válido lembrar que se siga a regra do “primeiro a entrar, primeiro a sair”. Assim, é possível evitar que o óleo fique muito tempo parado e perca suas propriedades. 

2 - Atenção para as características:

A segunda dica também está relacionada com o controle de estoque. Aqui, o ponto são as características dos óleos que serão armazenados. Para tanto, pergunte-se: qual é o tipo de óleo? Qual é seu prazo de validade? Qual é o tipo de embalagem? Quando o produto será usado? Com que frequência? 

A partir dessas respostas, será possível manter um sistema de organização e armazenamento. Observe ainda todas as instruções contidas no rótulo de cada produto, pois pode haver recomendações específicas. 

3 - Local de armazenamento:

Pensando no local onde o óleo industrial será armazenado, ele deve ser seco, limpo e fresco. 

Para quantidades maiores do produto, nos casos específicos em que o maquinário tem uma grande demanda, pode ser necessário o uso de um tanque de armazenamento. No entanto, para o uso comum, basta ter uma sala de lubrificação dentro da própria fábrica ou em um depósito. 

4 - Recipientes adequados:

Com relação aos recipientes, de um modo geral, os fluidos devem ser armazenados na própria embalagem. Isso porque o fabricante segue especificações que ajudam na manutenção do fluido. 

O armazenamento em tambores deve ser feito com eles na posição horizontal. Dessa forma, o próprio óleo serve de vedação na área das tampas. Eles também precisam ser armazenados afastados do chão. 

Seguindo essas dicas, você garante a manutenção dos seus óleos e, consequentemente, de todos os equipamentos. Para receber outras informações úteis, acompanhe a Filtroil nas redes: Facebook e Instagram. Siga também as postagens em nosso blog para não perder novidades. 

Fale com um Especialista

Tire todas as suas dúvidas falando com nossos especialistas, estamos preparados e prontos para falar com você.

Grupo Filtroil - 2022 © Todos os Direitos Reservados Desenvolvido por WEBi